quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Instituto Dagaz lançará guia gastronômico de Volta Redonda

Foco será nos bares mais tradicionais que fazem parte da rotina popular. Fonte: Google Maps
Depois de mapear comunidades quilombolas, através de suas culinárias, no livro ACozinha dos Quilombos: Sabores, territórios e memórias, o Ponto de Cultura Instituto Dagaz registrará, num guia gastronômico, os bares que contam a história de Volta Redonda. O novo projeto pretende explorar ambientes, pratos e petiscos tradicionais de locais que fazem parte do trajeto diário da população, e que são marcados por não fazerem distinção de freguesia.
Para o desenvolvimento do material de memória e patrimônio, o Dagaz está em busca, e contará com contribuição e apoio, de moradores e frequentadores, que poderão enriquecer o conteúdo histórico, bem como de entidades da região e profissionais da área gastronômica. O primeiro bairro mapeado será o Aterrado, pela tradição e disposição de bares, restaurantes e boates de referência. Serão evidenciados pontos de encontro que lotam a partir das 18h, durante a semana, e os costumes dos sábados com a Feira Livre.
- Vamos buscar parceiros como CDL, Aciap e Sebrae. Não temos interesse comercial, e sim cultural. Como a gastronomia faz parte do eixo de segmentos incentivados pela Secretaria Estadual e pelo Ministério da Cultura, nossa ideia é divulgar o que a cidade tem de mais tradicional para a região, e até mesmo para os outros bairros. Quem sabe o melhor local para terminar o dia de trabalho, com bate papo sadio, é o próprio morador – enfatizou Marinez Fernandes, idealizadora do Instituto.
Haverá uma comissão julgadora que irá aos estabelecimentos para analisar os petiscos, a conservação da temperatura das bebidas, além do atendimento. Os avaliadores serão chefs, formadores de opinião, um morador do bairro, representantes de órgãos representativos, entre outros. O conteúdo será enriquecido também com breve histórico dos bairros, cuja referência será o arquiteto urbanista e pesquisador Ronaldo Alves, convidado a integrar o projeto.
Reconhecido como um dos maiores incentivadores e fomentadores de cultura do estado do Rio, o Instituto dá continuidade ao trabalho que realiza desde a fundação, em 2009, em que trilha seu caminho em prol do desenvolvimento da cidade. Assim como para a realização das atividades na sede e dos projetos itinerantes, o Dagaz aposta nas parcerias para viabilizar mais essa produção que fomentará também o turismo de Volta Redonda.

O guia gastronômico será disponibilizado em formato digital e uma quantidade limitada será impressa para distribuição gratuita. Interessados em contribuir, tanto com histórias e informações sobre os estabelecimentos, e até mesmo dos bairros, quanto com recursos para a execução do projeto, podem entrar em contato por mensagem pela página INSTITUTODAGAZ no Facebook, pelo e-mail: institutodagaz@hotmail.com ou pelo telefone (24) 3071-2798.

Nenhum comentário:

Postar um comentário