quarta-feira, 31 de maio de 2017

Rugby Dagaz participa de torneio, em Itatiaia, neste sábado


O time do Instituto Dagaz vai participar, no próximo sábado, dia 3 de junho, do V Torneio e Festival Integração de Rugby, em Itatiaia. As disputas são destinadas a jogadores com idade entre seis e 14 anos e terão 34 representantes do instituto. O evento é realizado pela ONG Integração e reunirá cerca de 300 participantes do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

As atividades, gratuitas e abertas ao público, estão previstas para acontecer das 8h às 17h, no Estádio Municipal Antônio Corrêa, no Centro. Junto com os jogadores, estarão também os professores do instituto Carla Araújo, Jéssica Lopes, Henrique Torú e Caio Eduardo, sob a coordenação de Deborah Ciarla.

O tradicional evento promove um intercâmbio social e esportivo, bem como disseminar e desenvolver a prática do Rugby, esporte de origem inglesa em crescente expansão na região Sul Fluminense e no Brasil.

De acordo com a organização, a programação conta com Festival, Jogos TAG, TOUCH e Torneio, este último sendo na modalidade Sevens - M18 Masculino e M19 Feminino, com premiação para os três primeiros lugares.

Com incentivo da CCR NovaDutra e do Instituto CCR, a realização faz parte do calendário de eventos do Projeto Ava Etê Rugby, da ONG Integração, e do Calendário Esportivo Festivo da Secretaria Municipal de Esportes de Itatiaia, que apóia o evento, pelo aniversário do município.

A atividade recebe apoio também do Try Rugby RJ – projeto do British Council em parceria com a Premiership Rugby e Sesi patrocinado pela Jaguar Land Rover.

Serviço
V Torneio e Festival Integração de Rugby
Data: 03/06/2017 (sábado)
Horário: 8h às 17h
Local: Estádio Municipal Antônio Corrêa - Rua Antônio Gomes de Macedo – Centro, Itatiaia

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Pela segunda vez consecutiva, Instituto Dagaz é selecionado a prêmio de reconhecimento cultural


Pela segunda vez consecutiva, a Associação Cultural para Desenvolvimento de Tecnologias Humanas – Instituto Dagaz foi selecionada ao Diploma Heloneida Studart de Cultura. O prêmio reconhece ações, projetos, personalidades e instituições de relevância cultural para o Estado do Rio de Janeiro, e é promovido pela Comissão de Cultura da Alerj. A sessão solene será no dia 19 de junho, na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro.

A proeminência ao instituto é devido ao programa Condomínio Cultural, implantado em Volta Redonda, na categoria Artes Visuais, com atendimento a outros sete municípios. O diploma é um mecanismo de reconhecimento e estímulo às boas práticas culturais e leva o nome de Heloneida Studart, em homenagem à sua atuação na área.

Os critérios para seleção levam em consideração a diversidade de linguagens e áreas de atuação, a dimensão territorial e a relevância das proposições. A coordenadora geral do Instituto Dagaz, Clarisse Netto, comemora o reconhecimento, que serve também como motivação à expansão dos projetos.

- É uma felicidade enorme ver o nosso trabalho reconhecido. Um prêmio como esse é também uma motivação a dar continuidade a tantos projetos que beneficiam a população. Além disso, esse resultado também serve como retorno aos nossos apoiadores, como a MRS Logística, o Instituto CCR e a CCR NovaDutra – expressou Clarisse.

Neste ano, 81 instituições e pessoas físicas ligadas à área cultural fizeram sua inscrição, no entanto, apenas 42 foram selecionadas – oito do interior, seis da Baixada Fluminense, dois da região Leste e 26 da capital. A lista completa pode ser conferida no link: https://goo.gl/xx5xLl.

Heloneida Studart
O título do diploma é um tributo à jornalista, escritora e ex-deputada Heloneida Studart. Nascida em Fortaleza, Heloneida mudou-se para o Rio de Janeiro aos 16 anos e estreou como colunista no jornal O Nordeste. Na década de 60, tornou-se presidente do Sindicato das Entidades Culturais (Senambra).

Em 1978, elegeu-se deputada estadual pelo antigo MDB (Movimento Democrático Brasileiro). Em 1989, ingressou no Partido dos Trabalhadores (PT). Também participou da fundação do Centro Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim) e Centro da Mulher Brasileira, a primeira entidade feminista do Brasil.

Na Alerj, presidiu as Comissões de Meio Ambiente e de Direitos Humanos. De 2002 a 2006, exerceu o mandato como a primeira mulher vice-presidente da Casa. Em 2007, foi nomeada diretora do Centro Cultural da Alerj e do Fórum de Desenvolvimento Estratégico do Estado do Rio de Janeiro. Heloneida faleceu em Dezembro de 2007, aos 75 anos.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Espírito esportivo: Time infantil de futsal do Instituto Dagaz disputa jogos equilibrados

O time infantil de futsal do Instituto Dagaz disputou três jogos equilibrados na noite da última segunda-feira, dia 8. Os placares dos três amistosos, contra a equipe da Escolinha Força Jovem, atingiram o objetivo de fortalecer o espírito esportivo da turma. Com uma vitória para cada e um empate, as partidas que aconteceram na quadra do Guarda-Mor, no bairro Água Limpa, movimentou os alunos de cinco a nove anos.

Participaram, ao todo, 16 jogadores da ONG. No primeiro jogo, com os meninos de cinco e seis anos, a vitória foi do time adversário, com o resultado de 3 a 1. A disputa seguinte, foi de empate para as equipes, e já na terceira e última partida, o time do Dagaz venceu por 3 a 2.

- Esses jogos são para colocar a turminha para correr, para brincar. Porque como eles só treinam, sem ter uma atividade diferente, acaba desanimando. É importante coloca-los para ter essa vivência, conhecer outro time, outra quadra, outra realidade – considerou a professora de futsal Angélica Carvalho, que ressaltou sobre o fortalecer laços de amizade no esporte.

E no próximo sábado, dia 13, a turma vai ter mais uma oportunidade de apresentar os resultados dos treinos. Os jogadores de quatro a 12 anos vão disputar quatro partidas contra a equipe Falcão 12. Os jogos serão no Centro de Treinamento do time adversário, na Rua Gil Ferreira, n 40, Jardim Primavera, a partir das 9 horas.

Futsal
O projeto de futsal oferecido pelo Instituto Dagaz tem apoio do jornal Diário do Vale, do Instituto CCR, através da CCR NovaDutra, e da MRS Logística. As aulas são oferecidas para crianças de três a 11 anos, às terças e quintas-feiras. Para os interessados de 6 a 9 anos e de 10 e 11 anos de idade, ainda há vagas. Os horários das aulas para essas turmas são de 9h às 10h e de 15h às 16h, respectivamente.


As matrículas devem ser feitas na sede da ONG, no Condomínio Cultural, no bairro Volta Grande III. O horário de funcionamento é das 9h às 12h e das 14h às 17h, de segunda a sexta-feira. As aulas acontecem na quadra ao lado da sede do Instituto Dagaz.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Profissionais do Instituto Dagaz participam de Fórum Regional de Políticas Culturais do Médio Paraíba

Na próxima terça-feira, dia 9, profissionais do âmbito cultural do Instituto Dagaz vão participar do Fórum Regional de Políticas Culturais do Médio Paraíba. O evento será realizado no Teatro Municipal Maestro Franklin, anexo ao Colégio Getúlio Vargas, no bairro Laranjal, em Volta Redonda, a partir das 16 horas. Na programação, está prevista a apresentação dos objetivos que norteiam o fórum, além de eleição da diretoria do mesmo. O encontro, gratuito e aberto ao público, está previsto para encerrar às 21 horas.

Realizado pelo Sistema Estadual de Cultura (SIEC), o evento é uma prévia para o I Fórum Estadual dos Segmentos Artísticos do Rio de Janeiro. Para o Médio Paraíba, a programação é voltada para os segmentos de artes cênicas, literatura, audiovisual, patrimônio e museus. O objetivo é realizar a instalação do fórum, estabelecendo sua organização, avançando em suas composições para maior integração entre as cidades, ampliando o diálogo com gestores públicos e sociedade civil, nesse importante espaço de trocas.

- Esse evento será muito importante para a nossa região, pois são anos e anos de militância por políticas públicas de cultura. O Médio Paraíba tem sido bem presente nessas reuniões. E escolhemos o novo teatro, para sediar o encontro, por ser um espaço espetacular, que com certeza será referência nas artes cênicas – considerou a conselheira titular, Marinez Teodoro Fernandes.

O debate envolve os municípios de Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda. Com as estruturas regionais e setoriais artísticos, será possível viabilizar mais representatividade às ações da Secretaria de Estado de Cultura. Entre os exemplos, está a regulamentação do Programa Estadual de Formação e Qualificação Cultural e na IV Conferência Estadual de Cultura do RJ, prevista para o fim de outubro.
 
Programação
16h – Cadastramento e Café
16h30 – Apresentações culturais de grupos dos Municípios do Médio Paraíba
17h – Mesa de Abertura
18h – Apresentação dos Objetivos que norteiam o Fórum
19h – Eleição da Diretoria do Fórum Regional
Tempo para apresentação de candidatos
Votação aberta
Definição de agenda de reuniões (quinzenais, mensais e/ou bimestrais)
Estruturação de plataformas de comunicação entre os municípios
20h – Apresentação Cultural
20h30 – Encerramento
 
Sistema Estadual de Cultura
O SIEC visa estruturar seus componentes (a própria Secretaria de Estado de Cultura, o Conselho Estadual de Política Cultural, a Conferência Estadual e as Conferências Regionais de Cultura, a Comissão de Cultura da ALERJ, Conselho Estadual de Tombamento, os órgãos gestores e o sistemas municipais de cultura, os conselhos municipais de cultura, conselhos municipais de patrimônio cultural, os Fóruns Setoriais e Regionais e a Comissão Intergestores Bipartite), e instrumentos de gestão (Plano Estadual de Cultura, Programa Estadual de Fomento e Incentivo a Cultura, e o Programa Estadual de Formação e Qualificação Cultural), com o objetivo de valorizar a cultura, promover a descentralização articulada e pactuada da gestão, dos recursos e das ações, em especial, estimulando a participação da sociedade civil. A participação social é um dos principais focos de atenção da SEC após a aprovação da lei, começando pela composição do Conselho Estadual de Política Cultural (CEPC), ainda em 2015.
 
Conselho Estadual de Política Cultural
O CEPC tem metade de seus membros eleitos pela sociedade civil, com representantes das Regionais - Capital, Leste Fluminense, Serrana, Baixada Litorânea, Norte, Noroeste, Baixada Fluminense, Centro-Sul, Médio Paraíba, e Costa Verde, e de Segmentos Artísticos Culturais – Artes Cênicas; Música; Cultura Popular; Audiovisual; Literatura; Artes Visuais (e Museus,Patrimônio e Economia Criativa), inaugurando uma representação inédita, ampliando o debate de políticas de cultura no estado.
Os Fóruns Regionais e Setoriais Artísticos Culturais são órgãos integrantes do Sistema Estadual de Cultura, que passam a funcionar como instâncias de assessoramento e consulta do CEPC. Formado por agentes culturais e gestores públicos – da região ou do segmento artístico cultural – eles contribuem para efetivação das ações e metas do Plano Estadual de Cultura que estão sendo traçadas pelo CEPC, subsidiando a SEC no cumprimento do Plano, e na seqüência, no cumprimento dos Planos Setoriais Artísticos e dos Planos Regionais de Cultura.
 
Serviço
Fórum Regional de Políticas Culturais do Médio Paraíba
Data: 09/05/2017 (terça-feira)
Horário: A partir das 16 horas
Local: Teatro Municipal Maestro Franklin - anexo ao Colégio Getúlio Vargas (Rua Cento e Cinquenta e Quatro, nº 783 – bairro Laranjal, Volta Redonda) 

terça-feira, 2 de maio de 2017

Equipe infantil do Instituto Dagaz disputa futsal amistoso na próxima segunda


Na próxima segunda-feira, dia 8, a equipe infantil de futsal do Instituto Dagaz disputará dois jogos amistosos contra o time da Escolinha de Futsal Força Jovem. A partida, prevista para começar às 18h30, vai acontecer na quadra do Guarda-Mor, no bairro Água Limpa, em Volta Redonda. Um jogo será com a turma de cinco e seis anos e o outro com o grupo de sete a nove.

- Esses jogos são para colocar a turminha para correr, para brincar. Porque como eles só treinam, sem ter uma atividade diferente, acaba desanimando. É importante coloca-los para ter essa vivência, conhecer outro time, outra quadra, outra realidade – observou a professora de futsal Angélica Carvalho, que ressaltou sobre o fortalecer laços de amizade no esporte.

Futsal
O projeto de futsal oferecido pelo Instituto Dagaz tem apoio do Instituto CCR, através da CCR NovaDutra, e da MRS Logística. As aulas são oferecidas para crianças de três a 11 anos, às terças e quintas-feiras. Para os interessados de 6 a 9 anos e de 10 e 11 anos de idade, ainda há vagas. Os horários das aulas para essas turmas são de 9h às 10h e de 15h às 16h, respectivamente.

As matrículas devem ser feitas na sede da ONG, no Condomínio Cultural, no bairro Volta Grande III. O horário de funcionamento é das 9h às 12h e das 14h às 17h, de segunda a sexta-feira. As aulas acontecem na quadra ao lado da sede do Instituto Dagaz.