terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Condomínio Cultural inicia atividades em Porto Real

Oficinas gratuitas começam em fevereiro

A prefeitura Municipal de Porto Real, em parceria com Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan e Instituto Dagaz,  oferece a população nos próximos meses, atividades culturais em diversos segmentos. O projeto Condomínio Cultural Arte e Cidadania traz um resgate de valores históricos imateriais, com foco na cultura local com forte influência da cultura italiana – a cidade de Porto Real é reconhecida como a  primeira Colônia Italiana fundada no Brasil. Desde dezembro acontece a oficina de Culinária, onde os participantes aprendem a confeccionar pratos da cozinha italiana, em aulas gratuitas ministradas por Virgínina Dezós. A partir de primeiro de fevereiro teremos as demais oficinas (num total de oito), acontecendo em vários pontos da cidade.

A Presidente do Instituto Dagaz Marinez Fernandes destaca a importância do projeto para o desenvolvimento da cultura não só em Porto Real, mas em toda a região Sul Fluminense. "O Condomínio Cultural de Porto Real é mais um passo importante para o desenvolvimento cultural de nossa região! Buscamos trabalhar na tridimensionalidade da cultura, de forma cidadã, econômica e simbólica, de acordo com o Sistema Nacional de Cultura, valorizando e preservando o território, difundindo a memória patrimonial do município!  Todo esse trabalho que envolve diretamente cerca de 30 profissionais,  só é possível graças a parcerias co-responsáveis pelo sucesso do projeto, como o IPHAN, Prefeitura Municipal de Porto Real, Associação Vittorio Emanuelle II, e todos os envolvidos, como por exemplo, a nona Virgínia e etc”.

A oficina de culinária acontece aos sábados desde Dezembro e é ministrada pela nona, Virgínia Dezós


Marinez salienta que tudo será documentado. –“Ao final deixaremos registrada e documentada a trajetória dos imigrantes italianos em nossa região. É um prazer fazer parte dessa historia. O Instituto Dagaz vem desenvolvendo e trabalhando projetos de resgate e memória de nosso povo, territórios, memórias, saberes!”

Dentro das atividades propostas, a população terá acesso além da oficina de culinária, a aulas de teatro, dança, audiovisual, artesanato, história (patrimônio imaterial), literatura e violão. As inscrições já estão abertas.

O secretário de Esporte, Lazer e Cultura, José Roberto, diz que a parceria firmada com IPHAN e Instituto Dagaz só trará benefícios para Porto Real, atingindo cerca de 500 pessoas. ‘Esta parceria é um ganho para o município. Além de promover o resgate da nossa história e a valorização da cultura italiana na cidade, o projeto visa também ampliar o acesso cultural da população e contribuir com a promoção social, regional, podendo inclusive resultar numa melhora na renda familiar. Inicialmente, cerca de 500 pessoas serão beneficiadas diretamente com essas atividades’.

Ainda segundo o secretário, as oficinas serão realizadas no Horto Municipal, na Sala de Cultura e nas escolas municipais dos bairros Jardim das Acácias, Freitas Soares e Bulhões. “Os interessados devem comparecer à Secretaria de Esporte, Lazer e Cultura, para realizar o cadastro”, finalizou.

O projeto é proposto e gerenciado pela Prefeitura Municipal de Porto Real, através do  Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan e realizado pelo Instituto Dagaz.
De acordo com a prefeita Cida investir na cultura, educação e cidadania sempre foram prioridades. “São sementes plantadas que trarão um futuro promissor a todos que usufruírem desse projeto que oferece oficinas, promovendo gratuitamente cursos voltados à culinária, artesanato, dança, teatro e educação patrimonial, ajudando a resgatar a cultura italiana. A população de Porto Real recebe este projeto como um presente.”
Cida espera que os participantes aproveitem ao máximo esta oportunidade, pois é uma maneira de investir tanto no campo cultural como profissional.


As inscrições podem ser feitas na Secretaria de Esporte, Lazer e Cultura, na av. Dom Pedro II, nº 756, no horário de 08h às 12h, de segunda a sexta-feira. Documentos necessários: RG, CPF e comprovante de residência, e, em caso de menores de idade, os dados e assinatura do responsável. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário