terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Condomínio Cultural inicia atividades em Porto Real

Oficinas gratuitas começam em fevereiro

A prefeitura Municipal de Porto Real, em parceria com Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan e Instituto Dagaz,  oferece a população nos próximos meses, atividades culturais em diversos segmentos. O projeto Condomínio Cultural Arte e Cidadania traz um resgate de valores históricos imateriais, com foco na cultura local com forte influência da cultura italiana – a cidade de Porto Real é reconhecida como a  primeira Colônia Italiana fundada no Brasil. Desde dezembro acontece a oficina de Culinária, onde os participantes aprendem a confeccionar pratos da cozinha italiana, em aulas gratuitas ministradas por Virgínina Dezós. A partir de primeiro de fevereiro teremos as demais oficinas (num total de oito), acontecendo em vários pontos da cidade.

A Presidente do Instituto Dagaz Marinez Fernandes destaca a importância do projeto para o desenvolvimento da cultura não só em Porto Real, mas em toda a região Sul Fluminense. "O Condomínio Cultural de Porto Real é mais um passo importante para o desenvolvimento cultural de nossa região! Buscamos trabalhar na tridimensionalidade da cultura, de forma cidadã, econômica e simbólica, de acordo com o Sistema Nacional de Cultura, valorizando e preservando o território, difundindo a memória patrimonial do município!  Todo esse trabalho que envolve diretamente cerca de 30 profissionais,  só é possível graças a parcerias co-responsáveis pelo sucesso do projeto, como o IPHAN, Prefeitura Municipal de Porto Real, Associação Vittorio Emanuelle II, e todos os envolvidos, como por exemplo, a nona Virgínia e etc”.

A oficina de culinária acontece aos sábados desde Dezembro e é ministrada pela nona, Virgínia Dezós


Marinez salienta que tudo será documentado. –“Ao final deixaremos registrada e documentada a trajetória dos imigrantes italianos em nossa região. É um prazer fazer parte dessa historia. O Instituto Dagaz vem desenvolvendo e trabalhando projetos de resgate e memória de nosso povo, territórios, memórias, saberes!”

Dentro das atividades propostas, a população terá acesso além da oficina de culinária, a aulas de teatro, dança, audiovisual, artesanato, história (patrimônio imaterial), literatura e violão. As inscrições já estão abertas.

O secretário de Esporte, Lazer e Cultura, José Roberto, diz que a parceria firmada com IPHAN e Instituto Dagaz só trará benefícios para Porto Real, atingindo cerca de 500 pessoas. ‘Esta parceria é um ganho para o município. Além de promover o resgate da nossa história e a valorização da cultura italiana na cidade, o projeto visa também ampliar o acesso cultural da população e contribuir com a promoção social, regional, podendo inclusive resultar numa melhora na renda familiar. Inicialmente, cerca de 500 pessoas serão beneficiadas diretamente com essas atividades’.

Ainda segundo o secretário, as oficinas serão realizadas no Horto Municipal, na Sala de Cultura e nas escolas municipais dos bairros Jardim das Acácias, Freitas Soares e Bulhões. “Os interessados devem comparecer à Secretaria de Esporte, Lazer e Cultura, para realizar o cadastro”, finalizou.

O projeto é proposto e gerenciado pela Prefeitura Municipal de Porto Real, através do  Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan e realizado pelo Instituto Dagaz.
De acordo com a prefeita Cida investir na cultura, educação e cidadania sempre foram prioridades. “São sementes plantadas que trarão um futuro promissor a todos que usufruírem desse projeto que oferece oficinas, promovendo gratuitamente cursos voltados à culinária, artesanato, dança, teatro e educação patrimonial, ajudando a resgatar a cultura italiana. A população de Porto Real recebe este projeto como um presente.”
Cida espera que os participantes aproveitem ao máximo esta oportunidade, pois é uma maneira de investir tanto no campo cultural como profissional.


As inscrições podem ser feitas na Secretaria de Esporte, Lazer e Cultura, na av. Dom Pedro II, nº 756, no horário de 08h às 12h, de segunda a sexta-feira. Documentos necessários: RG, CPF e comprovante de residência, e, em caso de menores de idade, os dados e assinatura do responsável. 

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Inscrições abertas para oficinas gratuitas no Condomínio Cultural do Instituto Dagaz


O Condomínio Cultural abre suas portas para receber crianças, jovens e adultos para suas oficinas em Volta Redonda. As atividades oferecidas são completamente gratuitas: ballet, dança, teatro, rugby, futebol chupetinha, capoeira, dança afro e hip-hop, circo, violão, além de varejo e logística, através do Coletivo Coca-Cola; todas acontecem no Instituto Dagaz, no bairro Volta Grande III, em Volta Redonda.

As inscrições podem ser realizadas a partir do dia 18 de Janeiro, na sede do Instituto. É necessário levar documentos pessoais do participante (RG, CPF e comprovante de residência) e no caso de menor, os do responsável. Como colaboração, solicitamos, no ato da inscrição a doação de um produto de limpeza e/ou uma resma de papel A4.

A presidente do Instituto Dagaz, Marinêz Fernandes, acredita na importância da integração dos jovens e crianças com ações socioeducativas e esportivas.
- Nossa atuação é pautada nos princípios definidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA; a oferta de esporte, educação e cultura é fundamental para que os jovens e crianças de nossa cidade tenham uma vida melhor – comentou.
O Projeto Condomínio Cultural – Esporte, Arte e Cidadania é uma realização do Instituto Dagaz com o patrocíonio da CCR Nova Dutra, através do Fundo Municipal da Infância e Adolescência – FINAD e Conselho Municipal do Direito da Criança e Adolescência de Volta Redonda – CMDCA.

Confira as datas e horários das oficinas:


Ballet

10 a 17 anos - Seg e qua: 08:30 - 09:30 07 a 10 anos - Seg e qua: 09:30 - 10:30 07 a 10 anos - Seg e qua: 14:00-15:00 10 a 17 anos - Seg e qua: 15:00 - 16:00

05 e 06 anos - Ter e Qui: 08:30 - 09:30 03 e 04 anos - Ter e Qui: 09:30 - 10:30 05 e 06 anos - Ter e Qui: 14:00 - 15:00 03 e 04 anos - Ter e Qui: 15:00 - 16:00


Capoeira (Acima de 03 anos)

Quarta e sexta: 18:30 as 20:30


Chupetinha

Terça e quinta ( 03 a 06 anos) : 08:30 as 09:30 Terça e quinta ( 07 a 10 anos): 09:30 as 10:30

Terça e quinta (03 a 06 anos): 14:00 as 15:00 Terça e quinta (07 a 10 anos): 15:00 as 16:00


Dança (Acima de 10 anos)

Terça e quinta (AFRO): 18:00 as 19:00 Terça e quinta (Hip Hop): 19:10 as 20:10

Ginástica (acima de 14 anos)
Segunda, Quarta e Sexta: 07:30 – 08:30


Rúgby

Segunda e quarta (6 a 12 anos): 08:30 as 09:30 Segunda e quarta (6 a 12 anos): 09:30 as 10:30 Segunda e quarta (6 a 12 anos): 14:00 as 15:00 Segunda e quarta (6 a 12 anos): 15:00 as 16:00
Segunda e quarta (Acima de 12 anos): 18:30 as 20:30

Teatro (Acima de 14 anos)
Segunda: 18:30 as 20:30



Violão

Segunda e quarta:

08:30 as 09:30(Iniciante) Segunda e quarta: 09:30 as 10:30(Intermediário) Segunda e quarta: 14:00 as 15:00(Iniciante) Segunda e quarta: 15:00 as 16:00(Intermediário)

 

O quê? Inscrições abertas para oficinas gratuitas de ballet, dança, teatro, rugby, futebol chupetinha, capoeira, dança afro e hip-hop, circo, violão, além de varejo e logística, através do Coletivo Coca-Cola.
Onde? Rua Sargento Paulo Moreira, nº 248, bairro Volta Grande III, Volta Redonda      Condomínio Cultural – Instituto Dagaz

Mais informações: (24) 3336-3636 institutodagaz@hotmail.com 

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Entrevista na Rádio Agulhas Negras sobre o Condomínio Cultural de Porto Real

No dia 6 de Janeiro, a equipe do Instituto Dagaz participou de uma entrevista na Rádio Agulhas Negras falando sobre as atividades do projeto Condomínio Cultural Arte e Cidadania de Porto Real. As matrículas estão abertas para oficinas de dança, teatro, artesanato, culinária, audiovisual, literatura e educação patrimonial. E mais: são completamente gratuitas.

Confira a entrevista aqui e saiba mais sobre o projeto que é fruto de uma parceria da Prefeitura Municipal de Porto Real, Iphan e Instituto Dagaz.

Link da matéria https://soundcloud.com/institutodagaz/entrevista-na-radio-agulhas-negra-condomio-cultural