quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Equipe Dagaz participa de oficina realizada pela Fundação Itaú Social



A oficina de Avaliação Econômica de Projetos Sociais aconteceu na última quarta-feira, dia 2/12, na Casa de Leitura, em Laranjeiras no Rio de Janeiro. O encontro foi ministrado por Maína Campos e contou com a participação de integrantes de ONGs, projetos e entidades governamentais, dentre eles Rio 2016, Ação 21, Secretaria de Estado de Cultura, Comitê de Jogos Olímpicos, Ponto Cine, entre outros. 
A Oficina de Avaliação Econômica de Projetos Sociais apresenta os principais conceitos da avaliação econômica de projetos sociais e políticas públicas através de apresentação dialogada e aplicação prática por meio de estudo de caso-exemplo. 
Dentre os exemplos apresentados, falou-se sobre o estudo "O Impacto da Educação nos salários dos jovens brasileiros" realizado pela Fundação Itaú Cultural e pode ser acessado neste link. Outro case apresentado, foram os estudos realizados pelo Latif Jameel Poverty Lab Ação Abdul (J-PAL).
A equipe do Instituto Dagaz apresentou e sorteou o livro "A Cozinha dos Quilombos" entre os presentes e pretende ainda, participar do curso para gestores de modo a aprimorar sua atuação e mensurar o resultado das atividades desenvolvidas. 


Sobre a Fundação Itaú Social


Criada especificamente para estruturar e implementar os investimentos sociais do Itaú, a Fundação Itaú Social, com atuação em todo o território brasileiro, tem como foco o apoio, elaboração e fortalecimento de programas que visam o progresso das políticas públicas de educação, a potencialização do engajamento de seus colaboradores – e da sociedade em geral – por meio da cultura de voluntariado, e a avaliação sistematizada de projetos sociais. Assim, vem formulando, implantando e disseminando metodologias voltadas à melhoria de políticas públicas na área educacional, sempre em conjunto com governos, empresas e organizações não-governamentais.

Educação é peça-chave para o desenvolvimento sustentável de um país. E o desafio de garantir sua qualidade para todas as crianças e jovens brasileiros é de uma escala e complexidade que requer políticas de governo efetivas aliadas à ampla participação dos diversos setores da sociedade.

Mais informações

Nenhum comentário:

Postar um comentário