quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Instituto Dagaz participa da Semana de Ciência e Tecnologia de Pinheiral

                 Nos dias 22 e 23 de Outubro o Instituto Dagaz participa da programação de Pinheiral na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Com o tema Luz, Ciência e Vida, o evento acontece nas praças Brasil e Teixeira Campos, no Centro do município.
                As atividades são abertas ao público e contam com a participação de escolas públicas, particulares, universidades, além de secretarias municipais e empresas da região. A programação segue até sexta-feira (23). Neste dia, as atividades têm início às 9h.




                O stand do Instituto Dagaz conta com contação de histórias, exibição de filmes, projetos e a Livrocleta, que tem como apoiadores a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (SEC-RJ) e da concessionária CCR Nova Dutra. São mais de duas mil instituições participando desta ação em todo o país.
                No site oficial da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, o representante do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) se pronunciou sobre a importância da iniciativa.
 - Um dos principais legados da Semana Nacional, além de levar a ciência para a população, é fortalecer a formação de uma rede de instituições em prol da ciência. O mérito da Semana é colocar as instituições unidas, com uma agenda comum, e metodologias diversas, disse o coordenador da SNCT, Douglas Falcão, diretor do Departamento de Popularização e Difusão de Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Saiba mais sobre a programação nacional em http://semanact.mcti.gov.br/

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Exame de vista gratuito para crianças é realizado pelo UniFOA no Instituto Dagaz

Crianças entre três e sete anos podem realizar exame de vista na sede do Instituto Dagaz, no bairro Volta Grande em Volta Redonda. O projeto Acuidade Visual é uma iniciativa da Liga Acadêmica de Oftalmologia do curso de Medicina do UniFOA em parceria com o Instituto Dagaz.
                Os atendimentos acontecem no dia 20 e 21 na parte da manhã e da tarde, entre 8h30 às 10h30 e 14h às 16h. A faixa etária foi escolhida na tentativa do diagnóstico precoce, pois nessa idade a vista da criança ainda está se desenvolvendo.


                Segundo a responsável pela ação, Lívia Cristina Rios, muitas crianças não realizam o tratamento por conta da dificuldade do atendimento no SUS e com um exame simples, como propõe o projeto, o público pode ser diagnosticado e os responsáveis informados sobre a necessidade de um encaminhamento ao especialista.
- Nós realizávamos atendimento em crianças com idade mais avançada, entretanto, muitas das vezes, detectávamos casos de cegueira. Com o direcionamento da faixa etária, o diagnóstico pode se antecipar fazendo com que o tratamento seja realizado antes do agravamento de uma complicação na vista – comentou.
O estudante do terceiro período, Hugo Borges, comenta sobre a satisfação em participar do projeto e sua afinidade pela especialização em oftalmologia.
- As ações da Liga são uma oportunidade de ter contato com o paciente desde o início do curso. Sempre admirei a oftalmologia a exemplo de meu pai e familiares. É muito satisfatório poder participar de uma ação tão simples que pode fazer a diferença na vida de várias famílias – afirmou.
Segundo Marinez Fernandes, presidente do Instituto Dagaz, ações como essa são de suma importância para o empoderamento social da comunidade. O bem estar social é o que mais importa para o Instituto, seja através do esporte, da cultura e da saúde.
                - Ações que contribuem para valorização dessas comunidades são sempre bem vindas! Quando a Liga Acadêmica de Oftalmologia do UniFOA nos procurou através da Lívia Rios, aceitamos na hora a proposta. Ao final da ação a equipe passará o diagnostico dos atendidos e  iremos caminhar aos responsáveis – pontuou.

Os resultados são encaminhados aos responsáveis bem como a orientação para buscar um tratamento oftalmológico ou não. Os atendimentos estão sendo realizados na sede da ONG, na Rua Sargento Paulo Moreira, nº 248, no bairro Volta Grande III. Mais informações podem ser obtidas através do telefone de contato (24) 3336-3636.